Como estudar ouvindo música pode ajudar no seu rendimento?

Home / Blog / Como estudar ouvindo música pode ajudar no seu rendimento?

Como estudar ouvindo música pode ajudar no seu rendimento?

Entenda como a música pode aumentar o seu desempenho e se tornar uma aliada na preparação para o Enem e vestibulares.

Preparar-se para ingressar em um curso de graduação concorrido não é uma tarefa fácil, são horas de estudo diário com o cursinho preparatório, a escola e as revisões realizadas em casa. E esta rotina, de 13 a 15 horas de estudo por dia, pode ser desgastante, pois exige da nossa mente muita atenção para reter tantos conteúdos.

Escutar musica e estudar

E, para aumentar o seu desempenho nos estudos, sem aumentar as horas dedicadas a ele, existem alguns aliados poderosos que merecem atenção, como o ambiente, se afastar de distrações, principalmente dos dispositivos eletrônicos, fazer anotações e ter boas noites de sono.

Mas, desta vez, vamos conhecer um aliado que você não imaginava que poderia contar na jornada da aprovação: a música.

Isso mesmo! É possível estudar escutando música.

Estudar ouvindo musica é possível

A música pode ajudar a sua mente a se concentrar e captar os conteúdos estudados. Mas cuidado, pois não é qualquer música que vai estimular o seu cérebro sem distrair você dos estudos.

Elas precisam ser bem escolhidas, para se tornarem suas aliadas nas horas de concentração e estudo, aumentando seus processos cognitivos e emocionais. Segundo o filósofo francês Gilles Deleuze, despertar a emoção durante os estudos é fundamental para que o aluno realmente se interesse e fique marcado pelo aprendizado. “Uma aula é tanto emoção como inteligência. Sem emoção não há nada”, escreve Deleuze. E, para ativar a emoção, nossa recomendação é estudar escutando música.

É comprovado cientificamente que quando ouvimos músicas familiares e agradáveis, nosso desempenho nos estudos é superior, independente do estilo musical, pois estas músicas estão ligadas aos sentimentos e lembranças nos proporcionando reviver a emoção relacionada à canção.

As músicas são responsáveis por provocar reações emocionais e mudanças de humor, logo, se você estiver estudando ao som de uma música que te remete a lembranças boas e faz você mais feliz ou entusiasmado, o seu estudo estará carregado de emoções, tornando o aprendizado mais produtivo.

Confira nossas dicas de músicas e monte sua playlist de estudos!

Ritmo lento

As músicas mais lentas mantêm a concentração por mais tempo, auxiliando você a reter mais informações. Quando a música possui menos batidas por minuto (BPM) ela aciona o lado direito do cérebro, que é o lado lógico. Por isso, são mais indicadas para ouvir durante os estudos.

Existem vários estilos de músicas lentas, você pode optar pelas instrumentais, clássicas, românticas ou de ambiente. Sem muita variação na melodia, a música lenta permite que seu cérebro seja estimulado sem distrair você.

Inclusive, existe um estudo com as músicas de Mozart, clássicas, comprovando sua eficácia no aumento do desempenho do aluno. Conhecido como Efeito Mozart, o estudo realizou testes com um grupo de pessoas, e as que foram expostas às músicas tiveram um desempenho melhor do que as que não ouviram nada antes da atividade.

Ritmo acelerado

Se o seu objetivo é estimular a criatividade, nossa sugestão é abusar do Rock e do POP. Por possuírem um ritmo mais acelerado, acionam o lado esquerdo do cérebro, responsável pela parte lúdica.

Ao ouvir estes estilos musicais, há uma sensação de euforia na mente, o que faz nosso cérebro trabalhar mais rápido. Assim, as músicas mais animadas podem te ajudar no processo da escrita e desenho.

Adaptar-se ao som

Na hora de realizar uma prova, você estará em um ambiente normal de sala de aula, rodeado por outras pessoas, ou seja, haverá barulho. Caso você esteja acostumado a se concentrar apenas com o absoluto silêncio, você encontrará maiores dificuldades na hora de completar a prova. Tal dificuldade ou outras você poderá identificar durante os simulados podendo amenizar ou até mesmo resolver antes da prova do Enem ou de vestibulares.

Por isso, mesmo que você perceba que se distrai facilmente dos estudos enquanto está ouvindo música, é interessante exercitar esta habilidade. Pode começar ouvindo músicas instrumentais ou clássicas, que você não conhece a letra, bem baixinho enquanto resolve os exercícios de matemática, por exemplo. Assim, você vai ir se acostumando a ter um som acompanhando a sua mente enquanto está concentrado.

Encontre a sua melodia

Cada pessoa é diferente, e o seu modo de estudar escutando música precisa ser descoberto por você, assim como qual a melodia que vai te estimular e qual vai te distrair.

Encontre o estilo de música que tem o efeito de melhorar a sua concentração, e que possa treinar a sua memória. Você pode começar pesquisando playlists de estudo online e ir montando a sua, já que os gostos e reações aos estímulos sonoros variam entre as pessoas.

Variação das músicas

É importante variar na escolha das músicas, monte playlists longas, para que você não se canse logo de certas melodias. Além disso, evite interrupções ao longo das músicas, que causam distrações dos estudos, como as propagandas ou ter que parar para pesquisar mais canções para continuar ouvindo enquanto estuda.

Estudar escutando música vai te estimular a continuar estudando, além de manter a sua concentração na atividade.

Se a tarefa for interpretação de texto ou ler um livro, lembre-se de optar pelas músicas sem letra. Já quando for a resolução de exercícios de matemática, física ou química, você poderá testar deixar as músicas mais livres, caso note que não está conseguindo manter a concentração, siga os estudos com músicas sem letras.

Conecte-se com a música

É claro que a música sozinha não vai ser responsável pela sua aprovação, ela é um estímulo para seu cérebro e para seus momentos de estudo. Além disso, estudiosos afirmam que é preciso emocionar-se para aprender, é necessário que o conteúdo esteja conectado com algum sentimento, seja de entusiasmo, felicidade ou companheirismo. Lev Vygotsky, psicólogo russo que inspira a didática de pedagogos, diz que:

A emoção não é uma ferramenta menos importante que o pensamento. As reações emocionais exercem influência essencial e absoluta em todos os momentos do processo educativo. A educação sempre implica mudanças nos sentimentos. (Lev Vygotsky)

Aprender deve ser uma experiência gratificante e, estudar escutando música torna esta atividade mais emocionante e prazerosa. É essencial ver a emoção como uma das formas de transformar o aprendizado.

Monte a sua playlist de estudos e compartilhe com os amigos, todo estímulo extra para conquistar o sonho da aprovação é válido. Também queremos saber quais músicas você indica para concentração nos estudos, comente aqui.

___________________

Entre em contato com o Riachuelo Enem e Vestibulares (55) 3025-8855 ou faça uma visita: Rua Venâncio Aires, 1980, Santa Maria/RS, vamos adorar participar da sua jornada para conquistar a aprovação.

Últimas notícias

Deixe um comentário